A potência da Educação ambiental para estimular a consciência crítica em ambientes costeiros

Publicado em: 09/08/2020Categorias: Educação Ambiental, Notícias0 Comentários

O FunBEA em parceria com a Vertente Litorânea, um grupo formado pelos três comitês de bacias hidrográficas do litoral de São Paulo, inicia no dia 12 de agosto, às 15 horas,  o projeto Conexão Vertente Litorânea

Neste primeiro encontro que acontece de maneira virtual na Live Diálogo, Participação e Proteção com o tema Educação Ambiental e Ecossistemas Costeiros,  especialistas trarão suas experiências de trabalho na área da educação ambiental integrada à zona costeira marinha, e experiências de diálogos com ONGs ambientalistas nestes ambientes. A proposta do projeto é integrar com as instituições públicas, privadas e não governamentais, associações de pesca, comunidades tradicionais, associação de bairros, coletivos, veranistas, moradores, e todos que atuam na zona costeira marinha das regiões do Ribeira de Iguape e Litoral Sul, Baixada Santista e Litoral Norte de SP.

Maria Henriqueta Andrade Raymundo, presidenta do FunBEA, integrante da Secretaria Executiva da ANPPEA – Articulação Nacional de Políticas Públicas de EA, pesquisadora-colaboradora do LADIS – Laboratório de Análise e Desenvolvimento de Indicadores CCST/INPE e da Oca/ ESALQ/USP, e consultora do Projeto Pedagógico da Zona Costeira Marinha, será uma das convidadas para abrir o encontro. Rafael Monteiro, doutorando e mestre em ciências pela USP, pesquisador de 2016 , que traz em seus estudos  as potencialidades e desafios para abordar o diálogo em ações de Educação Ambiental também estará presente. 

O Projeto Conexão Vertente Litorânea quer fortalecer as instituições locais comprometidas com a conservação dos ecossistemas costeiros e as relações destas com os Comitês de Bacias Locais, bem como com a Vertente Litorânea, explica Semíramis Biasoli, secretaria geral do FunBEA. 

Vertente Litorânea de São Paulo: Compromisso comum dos comitês de bacias do litoral de São Paulo em cuidar dos ambientes costeiros e marinhos

Foto: @andré_benites. Encontro do rio Juquehy com o mar, litoral norte de SP

Pensar as bacias hidrográficas do litoral de São Paulo integrada com o Oceano Atlântico, ligando  a gestão dos recursos hídricos  à gestão costeira, é um dos objetivos da Vertente Litorânea.

Sua área geográfica abrange o maior corredor ecológico de mata atlântica do estado de São Paulo e seus ecossistemas associados, incluindo os estuários. Ela é composta pelos comitês de bacias do Ribeira de Iguape e Litoral Sul, Litoral Norte e Baixada Santista.

Os três comitês se integram pelo compromisso comum de lançar água limpa no mar, pelas semelhanças entre seus territórios, com problemas e desafios similares na gestão das águas doce, salobra e salina, o que deve ser levado em conta para estudos, intervenções, pesquisas e projetos locais. 

Após o encontro virtual, instituições ligadas às câmaras técnicas dos três comitês de bacias, APAs marinhas das três regiões (sul, centro e norte) estarão reunidas com e equipe do FunBEA para contribuições sobre ações e municípios, histórias de pessoas para a realização das etapas do Projeto que pretende articular instituições que atuam neste ecossistema, produzir um mapa interativo que vai possibilitar armazenar os produtos comunicativos relacionados a zona costeira ancorados nos sites dos Comitês, um vídeo de realidade virtual com imagens e dados dos ecossistemas costeiros do litoral paulista que permita que o usuário (público alvo) faça uma experiência sensorial e imersiva em ambientes que compõem os ecossistemas costeiros marinho de SP, entre outras propostas. 

Quer saber mais? 

Assista a Live: Diálogo, participação e proteção Educação Ambiental e Ecossistemas Costeiros no dia 12/08 (quarta-feira) às 15h!

Transmissão ao vivo em nossa página do Facebook ou Canal do Youtube FunBEA

Realização: FunBEA, CBH-LN, CBH-RB, CBH-BS
Patrocínio: FEHIDRO e Governo do Estado de SP

Deixe um Comentário