Começa a valer o Acordo de Paris

Começou a valer nesta sexta (4) o #AcordoDeParis, um acordo global inédito para redução dos impactos do aquecimento global, aprovado há menos de um ano na Cúpula do Clima da Organização das Nações Unidas (COP-21). O Brasil é signatário deste acordo, junto com outros 195 países, cujas medidas práticas começarão a ser tratadas na COP-22, que começa na segunda (7) em Marrakesh, em Marrocos.

O WWF e o Greenpeace Brasil lançaram uma petição contra o incentivo a térmicas a carvão, presente no artigo 20 da #MP735, que foi aprovada pelo Congresso no dia 19 de outubro. “A decisão vai contra o que o país se comprometeu no Acordo de Clima e o prazo para Temer decidir se veta o artigo está acabando”, alertam as organizações ambientais.

O carvão mineral é o mais poluente de todos os combustíveis fósseis. Ele responde por quase um terço das emissões de CO2 do planeta e por mais de 22% das emissões do setor de energia elétrica no Brasil. Isso resulta em prejuízos para o meio ambiente, para a saúde das pessoas e para a própria sobrevivência da vida no planeta, além de um grande custo adicional para os cofres públicos.

O FunBEA se soma a essa campanha: não deixe o carvão continuar sujando nossa energia. Assine a petição #CarvãoNão! http://bit.ly/2fm0Kgu. [Com informações do Greenpeace Brasil e WWF Brasil]

Deixe um comentário!

*